Intolerância à Lactose e opções em nosso menu

Intolerância à Lactose e opções em nosso menu


Hoje vou escrever neste blog sobre uma das restrições alimentares que mais atingem a população: a intolerância à lactose. Nós, do Vie Rose, buscamos fazer sempre uma cozinha inclusiva, com pratos veganos e vegetarianos. Semana passada, eu descobri que tenho um nível alto de intolerância a lactose. No mesmo dia em que saiu o resultado do exame, eu li e busquei compreender mais sobre alergias alimentares. Acabei descobrindo um universo de possibilidades alimentares capazes de substituir o trigo e o leite de vaca, sem abrir mão do sabor, das texturas e o principal: das vitaminas e sais minerais. Para isso, junto com a minha equipe de cozinha, criamos e incluímos os selos de opções de “lactose e glúten free” em nosso cardápio (lembrando a celíacos e alérgicos que os pratos podem conter traços de glúten e lácteos, porque não serão preparados em uma cozinha isolada e específica para esse tipo de dieta. Pode haver contaminação cruzada). E receitas novas, como a versão do nosso pudim de leite sem lactose.

Mas, para entender um pouco, seguem algumas informações para você que não tem ou talvez não saiba que pode ter esse tipo de restrição alimentar ao longo da vida: lactose é o açúcar do leite. Assim como a frutose é o açúcar das frutas; e sacarose é o açúcar extraído da cana-de-açúcar. Todos esses açúcares têm a glicose em sua composição. E é a glicose que alimenta e dá energia ao nosso corpo.

Pessoas intolerantes ao açúcar do leite (lactose) não produzem ou produzem em pouca quantidade a lactase (enzima que faz a quebra da molécula do açúcar em glicose e galactose). Leite ou produtos sem lactose são feitos de leite, mas os fabricantes utilizam a enzima para fazer a quebra do açúcar fora do nosso organismo. Ou seja, o leite sem lactose e o requeijão sem lactose têm o açúcar já quebrado, não fazendo mal a pessoa que não tem a enzima para a digestão deste açúcar.

É possível tomar a enzima junto com a refeição que queira, mesmo sabendo que há lactose na composição, por exemplo, uma fondue de queijo ou queijo e vinho com os amigos. Aí, a saída é ir preparado.

A intolerância pode ser genética ou adquirida ao longo da vida por cirurgia intestinal, infecções do intestino delgado causadas por vírus ou bactérias ou pela diminuição de produção desta enzima. Alguns médicos dizem que todos, em algum momento da vida, poderão ter intolerância por ter a perda gradativa desta enzima.

Estima-se que, no mundo, 60% a 70% da população apresente algum nível de dificuldade de digestão da lactose. Segundo o Datafolha, no Brasil, 40% da população apresenta deficiência desta enzima (a maior taxa de indivíduos intolerantes à lactose encontra-se entre as populações asiáticas e africanas). Mas somente 4% dos entrevistados que apresentam sintomas procuraram auxílio médico e, dentre esses, apenas 1% foi diagnosticado com intolerância à lactose.

Agora, o Vie Rose tem mais informação à mão para nossos clientes. Segue nosso menu com os selinhos e fotos de alguns pratos maravilhosos sem lactose.

 

Salada Mediterrânea  grigliata c/ camarões, polvo e salmão sobre leito de folhas da horta do Vie Rose

Peixe Branco sobre cama de banana da terra, molho de moqueca e farofa crocante 

Bacalhau c/ batatas ao murro, cebola caramelizada, tomate confit e terra  

Pudim de Leite s/ Lactose

Fotos: Tadeu Brunelli